Bem-vindo ao site do GRIM, aqui você irá encontrar informações sobre o grupo, suas pesquisas e demais trabalhos relacionados.

Boa navegação!

Finalizada mais uma edição do Jubra em parceria com o GRIM

Jubra

O Jubra, Simpósio Internacional sobre a Juventude Brasileira, teve sua sétima edição encerrada ontem (15). O Grim, foi um dos parceiros na realização do VII Jubra junto com a Rede Jubra, o Programa de Pós- Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará, o Laboratório de Práticas e Pesquisas em Psicologia e Educação, o Laboratório de Psicologia em Subjetividade e Sociedade, o Núcleo Cearense de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o TVEZ, Programa Educação para o Uso Crítico da Mídia, todos da UFC.

Envolvido com a construção coletiva do VII Jubra desde 2015, o Grim foi responsável ainda pela coordenação da Comissão de Comunicação, apresentação de trabalhos e participação em mesas redondas.

O estudante de publicidade e integrante do Grim, George Torres, conta como foi sua experiência participando da Comissão de Comunicação do VII Jubra: “Foi uma experiência incrível poder entrar em contato com tantas pesquisas, tantos debates, e perceber como os espaços do Jubra dialogam diretamente com o que a gente discute no Grim e como o estudo e entendimento das juventudes é importante para diminuir as desigualdades. Amei a experiência, foi cansativa mas incrível”.

Calebe Rodrigues, estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Ceará foi um dos monitores do VII Jubra. Para ele, foi uma experiência engrandecedora participar do Simpósio: “Enquanto jovem e morador de periferia, foi extremamente necessário poder construir esse evento acadêmico que deve ter como objetivo não só produzir e discutir sobre a juventude brasileira, mas também discutir isso junto com a juventude. Feliz e realizado em construir o simpósio.”

A abertura do VII Jubra, que contou com mais de 1.500 inscritos, aconteceu no sábado (12), no Cineteatro São Luiz, no Centro de Fortaleza, com a apresentação do Coral da UFC, seguida da mesa de abertura que contou com a participação dos organizadores do Jubra 2017. A professora Veriana Colaço, presidente da comissão local do evento, destacou a importância da realização dessa edição do simpósio principalmente para dar visibilidade à questões políticas da juventude.

O professor e pesquisador português Vitor Sérgio Ferreira, da Universidade de Lisboa, fez conferência de abertura, com o tema “Jovens e Gerações em Tempos de Crise”. O conferencista fez uma análise sobre como a juventude lida com os atuais tempos de crise em que estão inseridos, quando comparados com as gerações passadas.

Apresentações dos Grupos de Trabalhos (GTs), 31 ao todo, marcaram o segundo dia do VII Jubra, no domingo (13). Foi um momento de aprendizado tanto para o público quanto para organizadores de grupos. Os grupos discutiram sobre a juventude a partir de várias vertentes. As discussões aconteceram das 08h às 18h, na Universidade Federal do Ceará - Campus Benfica.

Já a Mostra Cultural do Jubra, com apresentações musicais, feira de artesanatos e uma diversidade de manifestações artísticas, aconteceu no período da tarde na Praça do Ferreira. Um dos momentos de destaque da Mostra, foi o show comemorativo aos 20 anos de história da banda Cidadão Instigado, no Cineteatro São Luiz.

A assembléia de criação da Rede Jubra marcou o terceiro dia de atividades do VII Jubra, na segunda-feira (14). A Rede Jubra tem como objetivo mediar e facilitar a troca de produções científicas e acadêmicas entre pesquisadoras(es) das áreas relacionadas à juventude, dando assim, voz e força a questões que remetem aos direitos da juventude brasileira, bem como sua participação política no país. A Minuta com todas as informações sobre a criação da Rede jubra está disponível neste link e foi discutida durante a assembléia, servindo como base para as deliberações feitas para o Estatuto.

A manhã do último dia do VII Jubra prosseguiu ainda com mesas-redondas e simpósios, como o de Juventude e Movimentos Sociais, que contou com a participação do pesquisador Ronaldo Araújo, da UFPA e da estudante secundarista do Paraná, Ana Júlia Ribeiro. A solenidade de encerramento, às 14h, foi coordenada pela professora Veriana Colaço, que fez um agradecimento a todos os envolvidos na organização, especialmente aos monitores. Foi exibido ainda um vídeo em homenagem à atuação do grupo de monitoria e um vídeo com os principais momentos do evento.

Para mais informações sobre o VII Jubra, basta acessar o site e página no Facebook.

 

Projeto Comunicação para a Cidadania no Cuca Jangurussu chega a sua última oficina

Na quarta-feira (12) aconteceu a última oficina do projeto Comunicação para a Cidadania no Cuca Jangurussu, projeto do GRIM em parceria com a Rede Cuca. A oficina teve como tema Juventude e Internet e foi ministrada por integrantes do GRIM e alunos do Mestrado em Comunicação da Universidade Federal do Ceará: Nut Pereira, Paula Lima e Thinayna Máximo.

As discussões foram iniciadas com apresentações dos presentes e comentários sobre os usos das redes sociais de preferência e frequências de uso. Questões polêmicas como superexposição na internet, crianças youtubers e a falta de limite dos jovens na busca por “likes” na rede, foram os principais assuntos discutidos durante a oficina.

Experiências pessoais nas redes sociais e histórias encontradas online foram compartilhadas durante a oficina, que contou com a participação de todo o grupo. Além disso, houve apresentações de slides e vídeos a respeito da facilidade de encontrar informações pessoais de qualquer pessoa online.

Agradecimentos e abraços marcaram o fim de mais uma jornada que tratou da promoção de direitos humanos e do direito à comunicação. Nova rodada de oficinas está prevista para acontecer no segundo semestre.

 

Oficina de Introdução à Educomunicação marca o início do projeto Comunicação Para a Cidadania

cuca

Na última quarta-feira (07) teve início o projeto “Comunicação para a Cidadania”, parceria do GRIM com a Rede Cuca, para realização de oficinas que discutem promoção de direitos humanos e comunicação. A primeira oficina. “Introdução à Educomunicação”, foi ministrada por Fátima Portela e Eri Menezes, mestrandas do programa de Pós Graduação em Avaliação de Políticas Públicas e alunas da disciplina de Educomunicação, na qual fazem estágio em docência. Participaram da oficina alunos de Comunicação da Rede Cuca, integrantes do GRIM, além de Rogério Maia, diretor de Comunicação Social da Rede Cuca, Thiago Matos, Coordenador de Comunicação Popular da Rede Cuca e João Bento, supervisor de Comunicação Popular do Cuca Jangurussu.

A atividade inicial da oficina promoveu a integração do grupo através da “dinâmica da teia”, em que cada participante foi gradualmente sendo unido por um barbante enquanto se apresentava brevemente. Ao final, para desfazer a teia, os participantes falaram sobre as expectativas para as oficinas. “Conhecimento”, “afetos” e “compartilhamento” foram alguns dos termos mencionados.

Em um segundo momento, os participantes tiveram a oportunidade de aprender os conceitos básicos de Educomunicação, além de conhecer um pouco sobre os fundadores e pensadores da área: Mário Kaplún, Célestin Freinet e Paulo Freire. Todo o grupo ficou bem à vontade para compartilhar experiências da infância e da vida escolar junto com os conceitos aprendidos durante a oficina.

Um sorteio de uma caixa de chocolate e um livro finalizaram a oficina, como programado, às nove da noite. Fotos e abraços também marcaram o primeiro dos muitos encontros que ainda irão acontecer no Cuca Jangurussu, discutindo promoção de direitos humanos e comunicação.

 

Turma de educomunicação e integrantes do GRIM fazem visita inicial ao Cuca Jangurussu

cuca 1

 

Conhecer as ações na área da comunicação da Rede Cuca. Foi com esse objetivo que alunos da disciplina de Educomunicação da UFC e bolsistas do GRIM - Grupo de Pesquisa da Relação Infância, Juventude e Mídia, acompanhados pela professora Andrea Pinheiro, visitaram as instalações do  Cuca Jangurussu na noite da última quarta-feira, 31.

A atividade faz parte do projeto de extensão “Comunicação para a Cidadania e Promoção de Direitos” a ser realizado por professores e alunos da UFC na Rede Cuca durante o ano de 2017. O projeto, em parceria com o GRIM, vai discutir temas relativos à promoção de direitos humanos, especialmente de crianças e adolescentes, de forma que a produção comunicacional da Rede Cuca tenha também como referência a promoção desses direitos.

O grupo conheceu as várias iniciativas de comunicação da Rede Cuca, envolvendo produção de conteúdo para os meios impresso e digital, além de rádio e TV, como a Rádio Escola, o Repórter Cuca e o programa Conexões Periféricas. O grupo visitou as salas de fotografia, audiovisual, rádio, biblioteca, anfiteatro e pista de skate, entre outros. O acesso a esses espaços é gratuito, necessitando apenas de agendamento prévio através do site.

Rogério Maia, diretor de Comunicação Social da Rede Cuca, Thiago Matos, Coordenador de Comunicação Popular da Rede Cuca e João Bento, supervisor de Comunicação Popular do Cuca Jangurussu acompanharam a turma da UFC durante a visita.

Embora parte da programação da Rede Cuca seja destinada aos jovens de 15 a 29 anos, os espaços são frequentados por toda a comunidade. Especialmente as áreas para práticas de esporte, as bibliotecas e as sessões de cinema que acontecem toda semana no Cuca da Barra do Ceará, Jangurussu e Mondubim. Todas as atividades da Rede Cuca são ofertadas de forma gratuita.

As ações do projeto “Comunicação para a Cidadania e Promoção de Direitos” têm início no dia 7 de junho e prosseguem sempre às quartas-feiras, de 18h às 21h, até o dia 12 de Julho. A formação dará direito a certificação e terá a duração total de 21 horas. As aulas serão ministradas por docentes, estudantes de mestrado e doutorado e de graduação da UFC .

 

Projeto "Comunicação para a Cidadania" no Cuca Jangurussu

programação

 

O GRIM em parceria com a rede Cuca inicia o projeto “Comunicação para a Cidadania” nesta quarta-feira (07). O projeto é voltado para os jovens comunicadores em formação do Cuca Jangurussu, onde irão discutir de temas a respeito dos direitos da criança e do adolescente e produzindo conteúdos voltados principalmente para esse tema.

 

As aulas serão ministradas por docentes, estudantes de mestrado, doutorado e graduação da UFC, e acontecerão do dia 7 de junho até o dia 12 de julho, das 18h às 21h, no Cuca Jangurussu, na Avenida Governador Leonel Brizola.


 


Venha ouvir, conhecer, discutir e propor novas ideias. Entre em contato conosco pelo e-mail:

grim.ufc@gmail.com

Av. da Universidade, 2762.
CEP 60020-181 - Fortaleza-CE
Fone: (85) 3366.7718

// Visitantes
Nós temos 4 visitantes online